Portugueses estão a ser contaminados com herbicida cancerígeno

 

A alimentação dos portugueses e da maioria dos europeus e norte-americanos está contaminada com glifosato, um herbicida potencialmente cancerígeno. A sua presença foi detetada com valores elevados sobretudo no norte e centro do país. O glifosato é um herbicida não-seletivo que serve para matar ervas. É o herbicida mais usado em Portugal, na maioria dos países da Europa e a sua venda é um sucesso nos Estados Unidos. Foi inventado nos anos 70 pela multinacional norte-americana Monsanto. Hoje em dia, só em Portugal, há mais de 20 marcas que o comercializam e é na agricultura que é mais usado. A notícia é avançada pela RTP. A Organização Mundial de Saúde, através da Agência Internacional de Investigação para o Cancro, estudou o glifosato durante um ano e declarou-o potencialmente cancerígeno, após várias experiências de laboratório terem provado que este químico provoca doenças oncológicas em animais. O glifosato pode entrar no corpo humano através da ingestão de água, de alimentos contaminais ou apenas através da sua inalação. Em Portugal, é Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária que analisa a qualidade dos alimentos. Procuram-se substâncias diferentes e estudam-se as várias moléculas de uma amostra de alimentos para perceber se houve qualquer tipo de contaminação. Mas em nenhuma dessas fases é analisado o glifosato, alerta a RTP. Fonte: http://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/portugueses-estao-a-ser-contaminados-com-herbicida-cancerigeno

A alimentação dos portugueses e da maioria dos europeus e norte-americanos está contaminada com glifosato, um herbicida potencialmente cancerígeno. A sua presença foi detetada com valores elevados sobretudo no norte e centro do país.

O glifosato é um herbicida não-seletivo que serve para matar ervas. É o herbicida mais usado em Portugal, na maioria dos países da Europa e a sua venda é um sucesso nos Estados Unidos.

Foi inventado nos anos 70 pela multinacional norte-americana Monsanto. Hoje em dia, só em Portugal, há mais de 20 marcas que o comercializam e é na agricultura que é mais usado.

A notícia é avançada pela RTP.

A Organização Mundial de Saúde, através da Agência Internacional de Investigação para o Cancro, estudou o glifosato durante um ano e declarou-o potencialmente cancerígeno, após várias experiências de laboratório terem provado que este químico provoca doenças oncológicas em animais.

O glifosato pode entrar no corpo humano através da ingestão de água, de alimentos contaminais ou apenas através da sua inalação.

Em Portugal, é Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária que analisa a qualidade dos alimentos. Procuram-se substâncias diferentes e estudam-se as várias moléculas de uma amostra de alimentos para perceber se houve qualquer tipo de contaminação. Mas em nenhuma dessas fases é analisado o glifosato, alerta a RTP.

Fonte: http://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/portugueses-estao-a-ser-contaminados-com-herbicida-cancerigeno

Anúncios