Eduardo Marinho: realidade, sentimento e a falsa inferioridade

Eduardo Marinho realidade, sentimento e a falsa inferioridade

Nascido numa família de classe média, Eduardo Marinho tinha uma vida confortável e abastada. Ele passou num concurso do Banco do Brasil, depois entrou na escola militar e, finalmente, foi aprovado na faculdade de direito – mas estava profundamente angustiado. Foi então que largou tudo para procurar um sentido para vida. Chegou a morar na rua e a dormir numa cama de papelão, mas encontrou a felicidade na simplicidade.

Continuar a ler

18 Qualidades humanas necessárias para contribuir com o despertar global

 

18 qualidades humanas necessárias para contribuir com o despertar global

“O mundo inteiro é um palco, e todos os homens e mulheres não passam de meros actores. Eles entram e saem de cena, e cada um no seu tempo representa diversos papéis.” – Shakespeare

A realidade não é algo fixo, ela é criada vezes e vezes sem conta, re-definida de momento para momento como um produto do comportamento e escolhas de todos os seres sencientes. Nós somos mais poderosos do que aquilo que sabemos, e cada um de nós é realmente um actor no mesmo palco, todos nós possuímos capacidade de impacto e contribuir para a história.

Continuar a ler