Experiência Científica Revela Que Plantas Não Crescem Junto a Aparelhos Electrónicos

experic3aancia-cientc3adfica-revela-que-plantas-nc3a3o-crescem-junto-a-aparelhos-electrc3b3nicos

Cinco jovens Dinamarquesas do 9º ano de escolaridade realizaram recentemente uma experiência que está a causar um rebuliço na comunidade científica.

Tudo começou com uma observação e por consequência, a sua dúvida.  As jovens perceberam que se dormissem com o telemóvel junto das suas cabeças durante a noite, teriam dificuldades em concentrarem-se na escola no dia seguinte.

Elas queriam testar o efeito da radiação de um telemóvel em seres humanos, mas a sua escola, (Hjallerup) na Dinamarca, não tinha o equipamento necessário para concretizar esse tipo de experiência.

Sendo assim, as jovens planearam uma experiência que iria testar o efeito da radiação de telemóveis em plantas.

As alunas colocaram seis bandejas cheias de Lepidium sativum, um tipo de agrião numa sala sem radiação, e seis bandejas com sementes numa outra sala junto a dois routers , que,  de acordo com os cálculos das alunas, os níveis de radiação emitidos seriam idênticos aos de um telemóvel comum.

Durante 12 dias, as alunas observaram, mediram, pesaram ​​e fotografaram os resultados. No final da experiência os resultados foram claramente evidentes – as sementes colocadas junto dos routers não tinham crescido.

Muitas delas estavam completamente mortas, enquanto que as sementes de agrião plantadas na outra sala, longe dos routers, tinham crescido.

Devido a esta experiência, as alunas obtiveram um grande reconhecimento numa competição regional de ciência, e o interesse de cientistas de todo o mundo.

De acordo com Kim Horsevad, (um professor da escola Hjallerup na Dinamarca onde tinha decorrido a experiência), surgiu interesse por parte de um professor de Neurociência no Instituto Karolinska, na Suécia, para repetir a experiência em ambientes profissionais e cientificamente controlados.

(MNN)

Anúncios