Ministros Querem Transformar a EU Num Estado Federal

Ministros Querem Transformar a EU Num Estado Federal

O Grupo do Futuro (Group For The Future) está a planear em modificar o sistema político na União Europeia, o grupo foi criado pelo Ministro da Comissão Europeia Guido Westerwelle.

Tem havido reuniões com regularidade por parte dos Ministros da Comissão Europeia dos países como Áustria, Bélgica, Dinamarca, Itália, Alemanha, Luxemburgo, Holanda, Polónia, Portugal e Espanha, desde o inicio do ano. Foi apresentada uma proposta aos Presidentes que englobam a Comissão Europeia: José Manuel Barroso, Herman Van Rompuy, Mario Draghi e Jean-Claude Juncker.

Na proposta apresentada, indica-se que o cargo de Presidente da Comissão Europeia deveria de ter um papel mais importante, semelhante ao papel de um Primeiro-Ministro, que deveria ser elegido com votos directos e que poderia ter a liberdade de ser o próprio a escolher a sua equipa. O jornal “Die Press” acrescentou ainda que o Presidente da Comissão Europeia deveria de ser o cargo com mais influência política dentro da Europa, e que seria o responsável pela criação e implementação de novas leis.

Segundo o jornal “Daily”, estão previstas pelo projecto novas estruturas democráticas. A União Europeia deverá tornar-se num estado federal, seguindo o modelo dos EUA, com um sistema parlamentar de duas facções e sendo o Presidente elegido com voto directo.

Segundo o jornal “Die Presse”, tal sistema criaria a democracia na Europa.

Na proposta apresentada, é frisado pelos Ministros que é necessário uma reestruturação democrática devido à crise económica que se faz sentir, crise essa que está a afectar a moeda única.

A proposta defende também que é necessário a criação de uma força militar especificamente Europeia, ser aplicada leis de segurança estritamente Europeias, e que em conjunto com outras forças de segurança, fazer um controle mais apertado das fronteiras.

Os ministros defendem também que é necessário um controle dos salários nacionais, tal como Angela Merkel propôs com a sua acção fiscal nos países em queda.

De acordo com o jornal “Daily”, os Ministros que apresentaram tal proposta querem que os parlamentos nacionais tenham um envolvimento mais directo nas decisões que envolvam a União Europeia.

(b92)

Anúncios